Se você nunca ouviu falar da Praia do Rosa, atualize-se. O The Guardian publicou uma lista das 10 melhores praias do mundo que são (ou eram) desconhecidas . Adivinhe qual praia entrou nessa lista?

O acesso para a Praia do Rosa é fácil. No mapa do Brasil, está entre Imbituba e Garopaba. Do Aeroporto de Florianópolis, de carro, em menos de 1h30 você estará chegando. São 90 km para o Sul. Pode colocar Fazenda Verde- Praia do Rosa no Waze que prontamente será indicada a rota correta.

Tome a estrada BR-101 para o sul do país , e saia no km 273, que é o acesso para Garopaba, estrada SC-434. Dirija por cerca de 3 km e entre à direita na Estrada Geral do Ouvidor, que é também o acesso para a Praia do Rosa. Mais 5,2 km e você estará chegando na Fazenda Verde, na beira da praia. Há um acesso à Praia do Rosa indicado a menos de 1 km do trevo da BR101, mas a estrada não é tão boa.

Há serviços de taxi, Uber e transfers privados, sob consulta. Se vier de ônibus, (empresa Paulotur, rumo a Garopaba) descer e terá de tomar um taxi na SC434. Consulte o motorista.

A encosta da Praia do Rosa tem a topografia acidentada. A maior parte das ruas é estreita e não tem calçadas.  Rústica e charmosa ao mesmo tempo, a Praia do Rosa é encantadora.

A praia tem pouco mais de 2 km de extensão. Entre o Rosa Norte e o Rosa Sul, está a cristalina Lagoa do Meio, ou Lagoa Salgada. Morros cobertos de mata nativa tem trilhas paradisíacas.

No verão, serviços de alimentação estão presentes por todo lado. O local mais Vip é o deck da Fazenda Verde.

Os costões verdes ajudam a bloquear os ventos, garantem boa praia praticamente todos os dias. Com vento “Sul”, vá para o canto direito da Praia (Canto Sul). Com vento “Nordeste”, vá para o canto Norte da Praia. Dica: vá para perto de onde estão os surfistas.

Para o surf, este é o “pico” perfeito! As ondas são boas com qualquer vento, tanto no canto Norte quanto no canto Sul, e quase sempre há condições favoráveis.

Para as famílias com filhos, o melhor lugar é a lagoa do Meio, lagoa de água salgada e limpa que se localiza no meio da praia. No verão este cantinho conta com diversos serviços e opções de esportes. Stand-up, rede para Vôlei de praia e algumas tendas com opções de lanches e açaí. Ideal para passar o dia todo com as crianças!

Várias ruas da localidade são de chão batido, sem calçamento, o que confere muita rusticidade. Hospedar-se na beira da Praia (poucas opções) é sempre uma grande vantagem.

Os ranchos de pesca artesanal sobrevivem no canto sul da praia. A época de pesca da tainha é em maio e junho. Com sorte você pode assistir a um “lanço” e à retirada manual de redes de pesca carregadas de peixes. Ajude e talvez ganhe um de presente.

Se vier surfar, respeite o zoneamento restrito aos pescadores.

De julho a novembro, temos a presença das baleias, que procuram nosso litoral para terem seus filhotes. Muitos dias temos shows de avistagem desde o deck da Fazenda. As Baleias Francas são dóceis e se aproximam curiosas dos barcos de observação. Empresas capacitadas fazem passeios embarcados. Há uma entidade, o Instituto Baleia Franca, que auxilia na pesquisa e dá orientação sobre esses cetáceos.

Dotada de uma ótima gastronomia, com vários restaurantes de bom nível e que atendem todos os bolsos. No centrinho muitos atendem apenas no jantar. No deck da Fazenda, e no canto Sul, ótimas opções para o almoço, na beira da praia. Os jovens no verão tem diversão garantida nas “baladas”.   No “centrinho” há variedade de opções de presentes, de artesanatos e de roupas.

Visite as trilhas: Praia Vermelha, com lindas piscinas naturais. Seguindo, chegará na Praia do Ouvidor. Se tiver tempo (e fôlego) continue, e vá até a Praia da Barra da Ferrugem. Ranchos de pesca do Portinho Praia do Luz. Barra da Ibiraquera Caminho do Rei, no Alto do Morro.

Para estadias longas, recomendamos alugar um carro (há serviços de taxi, mas nem sempre estão disponíveis) Os passeios de carro para essas praias tem trajetos mais longos . Mas valem a pena. As paisagens deslumbrantes das lagoas vão deixá-lo sem fôlego.