Levando seu animal para a pousada pet friendly: preparativos

Passar alguns dias em um lugar diferente exige atenção especial quando se pretende incluir o animal de estimação no passeio. Hoje em dia, as pousadas pet friendly são grandes facilitadoras na hora de escolher a hospedagem, mas, ainda assim, é preciso tomar alguns cuidados.

Vamos criar uma série de posts que ajudarão a tornar sua viagem com o pet muito mais segura e divertida. Para começar, conheça os principais itens dos preparativos que devem ser levados em conta:

1. Procure por pousadas pet friendly

Este é um cuidado fundamental no momento de escolher a hospedagem ideal para você e seu pet. Embora os meios de hospedagem estejam se abrindo cada vez mais aos diferentes nichos, muitos ainda não aceitam animais de estimação.

Pesquise bastante em canais de busca ou peça indicações a amigos. O serviço pet friendly varia em cada pousada. Procure se informar sobre taxas adicionais para receber o bichinho, se ele pode dormir no quarto com você e se pode circular por alguns locais.

Existem ambientes que possuem restrições para alguns tamanhos e raças e outros que possuem espaços próprios para os animais ficarem quando você for fazer algum passeio sem eles durante a viagem. O ideal é antecipar essas informações para evitar surpresas.

2. Leve em conta a personalidade do seu amigo

A ideia de levar o pet para curtir um passeio em uma pousada pet friendly é bacana, mas, para isso, é importante avaliar como o seu animal se comporta no dia a dia, a fim de evitar transtornos para você e para ele.

O seu cachorro ou gato gosta de longos passeios? Ele fica agitado ou estressado quando está fora de casa? É amigável com estranhos? Você pretende ficar com ele o tempo todo ou ele ficará no quarto enquanto vocês passeiam? Essas são algumas perguntas que lhe ajudarão a decidir se vale a pena viajarem juntos. 

3. Pense no melhor meio de transporte

Dependendo do destino, a melhor opção é viajar de carro, já que o bichinho fica mais perto da família. Neste caso, é bom providenciar a caixa de transporte, cadeira ou cinto especial para que seu animal chegue seguro e confortável.

Em viagens curtas, o ideal é parar de vez em quando para o pet beber água, se esticar e fazer as necessidades, além de evitar alimentá-lo, pois ele pode enjoar.

Se você for de ônibus, informe-se primeiro com a empresa, pois nem todas permitem o transporte de pets e existem algumas exigências. No avião, as normas são ainda mais rígidas, como apresentar atestado veterinário e documentos de identificação, informar a companhia com antecedência e pagar a taxa de transporte.

4. Pesquise sobre o destino

O tipo de viagem que você pretende fazer faz toda a diferença para o seu pet, pois ele também vai querer se divertir. Pesquise sobre os parques, praias, restaurantes e outros locais próximos à pousada pet friendly que permitem a presença de animais para que ele possa acompanhar.

5. Cuide das vacinas

Independente do meio de transporte e do local que vocês forem ficar, é necessário avaliar as condições de saúde do animal de estimação e manter as suas vacinas em dia, além de andar com a caderneta sempre à mão.

Lembre-se de passar um antipulgas antes da viagem e de pedir orientações ao veterinário sobre medidas contra enjoos, alterações de humor e cuidados específicos com relação ao destino. Ter o número de alguma clínica próxima ao local de hospedagem também pode ajudar em caso de alguma emergência.

6. Leve o kit de sobrevivência dos pets

Preparar a mala também exige atenção. É importante ter sempre um kit com saquinho para recolher o cocô, lencinho umedecido e outros itens de higiene para evitar imprevistos na viagem ou na pousada pet friendly.

A guia, coleira e pingente de identificação são prioridade. Vale também levar shampoo, toalha e outros itens de banho.

Viajar com o seu pet pode exigir alguns cuidados a mais, mas todo o planejamento vai valer a pena, afinal, ele é parte da família e vai adorar estar com você neste momento especial.