Página Selecionada

O que é a ansiedade canina e como distrair seu pet nas férias!

O que é a ansiedade canina e como distrair seu pet nas férias!

A ansiedade canina é uma condição muito mais comum do que você imagina. Os cuidados para que os pets fiquem com a saúde em dia envolvem trabalhar seus sentimentos e isso é fundamental na hora de mantê-los em harmonia com a família. Sem contar as imensas vantagens de ter um cãozinho feliz por perto durante as férias

O cuidado com o bem-estar canino se mostra fundamental para que os sintomas de ansiedade não evoluam e causem outras doenças. Por exemplo, a falta de apetite pode comprometer os nutrientes no organismo e fazer com que o bichinho sofra de anemia. Então, vale a pena redobrar a atenção e entender como impedir que isso aconteça. 

Ficou curioso? Vamos falar sobre ansiedade canina e dicas para distrair seu pet. Acompanhe!

O que é ansiedade canina? 

Assim como os humanos, os bichinhos de estimação também podem se sentir estressados e desanimados. O grande problema é que a ansiedade canina demora mais a ser diagnosticada, pois os sintomas são sutis no início e, quando nenhuma medida é tomada, evoluem de maneira bastante rápida.

Em muitas famílias, o cachorrinho recebe bastante atenção de seus donos e é tratado como um membro importante da rotina. Quando, por qualquer motivo, esse nível de dedicação se torna reduzido, os animaizinhos costumam ficar chateados com síndromes que giram em torno da ansiedade da separação ou da ansiedade do super apego. 

Como identificar?

Para identificar a ansiedade do pet é preciso conhecer bem seu comportamento. Assim, as alterações não passam despercebidas como simples birras que ocorrem ocasionalmente na fase filhote. Diferente da condição nos humanos, o sofrimento por antecedência não é a principal característica da ansiedade. 

Nesse caso, o sofrimento dos cães aparece como uma espécie de perturbação e impaciência diante de vários gatilhos, como barulhos, ausência dos donos, traumas, acidentes, falta de interação ou falta de atividades. O mais importante é ter consciência de que nem todo cachorro com ansiedade vai se comportar da mesma maneira. 

A recomendação, aqui, envolve procurar ajuda especializada assim que notar mudanças bruscas no modo de agir do pet. Veja, a seguir, uma lista de sintomas da ansiedade canina:

  • arrancar pelos sem motivo aparente;
  • hiperatividade;
  • perda ou ganho de peso em excesso;
  • lamber as patas com frequência;
  • alterações de apetite;
  • apatia ou agressividade.

Quando a condição é comum?

A maioria dos cachorrinhos não tem maturidade mental para ficar sozinho o dia inteiro, especialmente em apartamentos. Quando a família tutora faz muitas atividades e fica ausente na maior parte do tempo, o pet tende a se sentir sem interação sentimental. Isso não quer dizer que eles precisam de atenção o tempo inteiro, mas existe uma quantidade de troca necessária para que ganhem confiança em diferentes níveis. 

O que fazer para solucionar? 

Ao receber o diagnóstico ou simplesmente notar que seu companheiro precisa melhorar a saúde mental, você precisa saber o que fazer para ajudá-lo. Vale lembrar que a ansiedade não tratada pode evoluir para depressão canina. Dessa maneira, se mostra interessante tomar algumas atitudes para oferecer ao pet o suporte necessário. Acompanhe!

Faça passeios diários

Mesmo que você tenha muitos compromissos no trabalho, tente tirar um tempo do dia para levá-lo na rua ou em uma área externa. Aproximadamente 15 minutos já são suficientes e ajuda muito na hora de demonstrar atenção ao pet e eliminar possíveis sentimentos ruins.

Acostume o pet com as ausências

Até mesmo os cachorros que vivem com famílias grandes se sentem sozinhos uma hora ou outra do dia. Dessa forma, acostumá-los a conviver com as ausências é o melhor caminho para que possam ganhar confiança e eliminar a ansiedade da separação. O segredo está em preparar o ambiente ao sair de casa, criar uma rotina e fazer isso de maneira gradativa. 

Encontre uma hospedagem pet friendly para levá-lo nas férias

Se você trabalha bastante, certamente, deve estar ansioso para as próximas férias, certo? Saiba que levar seu cãozinho com a família é uma excelente forma de deixá-lo mais relaxado, se divertir e ainda eliminar todos os sentimentos angustiantes que ficam acumulados no pet.

O mais indicado é escolher uma hospedagem com o conceito pet friendly que tenha estrutura completa e seja em um destino paradisíaco. Um bom exemplo disso é a Praia do Rosa, em Imbituba, que permite experiências únicas sem perder o conforto focado também no descanso do animalzinho.

A ansiedade canina é uma condição bastante séria que, muitas vezes, é ignorada pelos tutores até que a situação se agrave. Em função disso, vale sempre considerar levar o animalzinho de estimação nos programas para que, além de diminuir seu estresse, o convívio com a família fortaleça os laços.

Gostou das informações do artigo? Então aproveite e leia mais sobre a pousada pet friendly na Praia do Rosa.

Neco & Rose Agrifoglio

“Dedicados a entregar a melhor experiência em hospedagem à beira-mar, casamentos, destination weddings e eventos na Fazenda Verde!”

BAIXE O E-BOOK!!

VAMOS JOGAR!!

Mandioca e Farinha

BAIXE O E-BOOK!

BAIXE O E-BOOK!!

BAIXE O E-BOOK!!

BAIXE O E-BOOK!!

Inspiração? PINTEREST

× Eu posso te ajudar!